nota biográfica

Cesário Costa  (n. 1970) Vencedor do III Concurso Internacional Fundação Oriente para Jovens Chefes de Orquestra, em 1997, foi desde então convidado para dirigir inúmeras formações nacionais e estrangeiras. Para além da direção de orquestra, tem exercido funções de docência e de programação musical em várias instituições. Foi Presidente da Metropolitana, instituição que gere a Orquestra Metropolitana de Lisboa (da qual foi também Diretor Artístico). Foi Diretor Artístico e Maestro Titular da Orquestra do Algarve e da Orquestra Clássica do Sul e atualmente é diretor artístico do IN Spiritum – Festival de Música do Porto. Nos últimos anos, dirigiu, a Royal Philharmonic Orchestra, a Orquestra Sinfónica de Nuremberga, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra de Câmara da Rádio Romena e a Berliner Symphoniker. Depois de concluir, em Paris, o Curso Superior de Piano, estudou Direção de Orquestra, completando com nota máxima a Licenciatura e o Mestrado na Escola Superior de Música de Würzburg, na Alemanha. Atualmente, está a finalizar, na Universidade Nova de Lisboa, uma tese de doutoramento sobre o Maestro Pedro de Freitas Branco.